Macaquinhos: macacadas com estilo

Falámos com a Eduarda (responsável pela Macaquinhos) para perceber, afinal, como é que começou esta 'macacada'!


Esta é inevitável, mas vamos ter que começar por algum lado. Podem contar-nos, afinal de contas, como é que começou esta “macacada”?

A marca surgiu quando profissionalmente tive de deixar um amor, o jornalismo e a televisão. E enquanto decidia o que ia fazer de futuro foquei-me noutro amor, o meu filho e pensei numa forma de criar para ele o que eu queria e não conseguia comprar facilmente em Portugal, roupa gira, divertida, confortável e com padrões que ele gostasse de vestir. Quando dei por mim já estava em produção da primeira coleção da Macaquinhos.

Criei a marca com tudo o que durante 8 anos como apresentadora de dois programas de marcas achei que uma marca deveria ser. Com uma identidade própria, um fio condutor, um site próprio, um nome registado, e muitos pormenores que fazem a diferença, sobretudo das grandes marcas.

Rapidamente percebi que criar uma marca de raiz e fazê-la crescer é bem mais complexo do que se imagina, mas o resultado final e o feedback dos nossos clientes enche-me sempre de orgulho.


Como é que surgiu a inspiração para os padrões divertidos e coloridos? É esse o vosso “ingrediente secreto”?

Sim, é. A Macaquinhos é uma marca de roupa de criança, 100% portuguesa, personalizada, feita à mão e com edições limitadas. E queremos ser originais e distinguirmo-nos no mercado, por isso tentei dar resposta a algo que não existia.

Tentamos ter sempre padrões diferentes e divertidos dos 0 aos 5 anos, e depois dos 6 por encomenda. Padrões que os pais gostem, mas as crianças também.

Procuramos ser uma marca diferente, onde o azul e o rosa bebé não vingam. Preferimos padrões divertidos que os miúdos gostem de vestir e que sejam tão confortáveis por dentro como giros por fora.

E temos sempre presente o preto em algumas peças, uma cor que apesar de não ser consensual é adorada por muitos pais e não é fácil de encontrar na roupa dos mais pequenos.



O que é que sentem quando vão na rua e veem macaquinhos a vestirem as vossas roupas e acessórios?

Um orgulho enorme, claro.


Já têm uma resposta preparada para a Maria e para o Zé quando eles daqui a uns anos vos exigirem explicações acerca da escolha do nome da marca?

Ahahaha! Temos. Aquela que muitos outros pais devem ter de dar.

O nome surgiu porque é algo que carinhosamente chamamos ao nosso filho lá em casa e percebemos que muitos outros pais o fazem. Além disso, é um animal com que todas as crianças e pais simpatizam. A partir daí surgiu uma estória infantil, a estória dos Macaquinhos Zé e da Maria, que deixaram a Selva para ir viver para a cidade e descobriram a ‘moda’ de andar vestido.

A estória reza assim:

Era uma vez dois macaquinhos, o Zé e a Maria.

O Zé tinha 1 ano e a Maria quase 3 e viviam muito felizes na selva. Só não gostavam muito do calor intenso e da humidade constante. Na selva o ar era sufocante e rapidamente os deixava muito moles e cansados depois de pouco brincar.

Um dia o Zé e a Maria mudaram-se com a família para a cidade. E apesar de ser tudo muito diferente da selva todos gostaram da mudança. Aqui podiam brincar, correr e saltar sem se cansarem tão rápido. Mas havia uma outra diferença.

Na selva o Zé e a Maria não usavam muita roupa porque estava sempre muito calor, apenas umas tangas e umas pinturas na cara. Quando se mudaram para a cidade perceberam que os outros macaquinhos usavam roupas bem giras e divertidas e começaram a querer usá-las também. O Zé e a Maria começaram a gostar tanto dessa novidade que passaram eles próprios a desenhar as roupas que queriam vestir e que depois pediam à avó para fazer.

Assim nasceu a Macaquinhos...

A ideia é que a partir desta estória se construam as coleções, que vão sendo uma espécie de capítulos. A primeira foi a "Descoberta" da cidade pelos macaquinhos Zé e Maria, a de inverno foi "Tempo de Magia" porque viveram pela primeira vez a magia do Natal. Esta será "Uma Aventura na Selva", que conta o regresso dos Macaquinhos de férias à selva para visitar os amigos, e como podemos prever temos muitos animais e cores da selva para mostrar nesta coleção primavera /verão.



Quais são os vossos planos e sonhos para o futuro da Macaquinhos?

Planos não fazemos. Sonhos... muitos. É claro que queremos ter sucesso e crescer, como todos aqueles que se aventuram num negócio próprio. Mas vamos construindo os nossos planos passo a passo, à medida que a marca vai crescendo. Queremos sobretudo que os nossos clientes continuem a dizer o que dizem quando nos vêm: Era isto que faltava!